Notícias


Estados apresentam iniciativas locais para fomentar comunidades de inovação

Nayara Takahara/Assessoria 10 FORTEC

A inovação como ferramenta para promover vantagens competitivas e a alta produtividade nos estados e regiões, foi tema de uma das mesas de debate do 10° Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia (Fortec), realizado pela primeira vez em Mato Grosso, na tarde desta terça-feira (10.05), em Cuiabá. O debate reuniu representantes dos estados que compõem o Consórcio Brasil Central, autarquia formada por chefes dos Executivos estaduais do Centro-Oeste, Rondônia e Tocantins. O secretário adjunto de Estruturação e Inovação do Gabinete de Assuntos Estratégicos (GAE), Flávio Gomes, coordenou a discussão. 

Para o secretário de Assuntos Estratégicos de Mato Grosso, Gustavo de Oliveira, eventos como o promovido pelo Fortec representam o interesse da sociedade em buscar novas alternativas de crescimento. Segundo ele, a criação do Consórcio Brasil Central é um exemplo de como os gestores públicos têm procurado novas maneiras para estimular a inovação em seus estados.

“A criação do Consórcio Brasil Central é uma inovação em termos de modelo desenvolvimentista, diferente do estabelecido pelo modelo econômico clássico. Mato Grosso, por exemplo, possui DNA inovador com forte vocação para o setor do agronegócio, que investe em novas iniciativas para aumentar a produtividade aliada à qualidade”, ressaltou o gestor, que também é membro do Conselho Consultivo do BrC, ao apresentar aos demais componentes do dispositivo o trabalho desenvolvido no Estado para fomentar o ecossistema local de empreendedorismo e inovação.

De acordo com o secretário, a criação do Parque Tecnológico e a parceria do Governo para a realização de eventos nacionais e internacionais das comunidades locais, integram a proposta do Executivo estadual para trabalhar em rede e identificar práticas inovadoras que podem ser inseridas ao cenário de transformações do Estado. Em oito meses, destacou, o Governo mobilizou mais de 30 parceiros e impactou mais de 400 agentes com a realização de eventos de inovação. Com as próximas realizações, a expectativa é fomentar até o final de 2016 mais de mil agentes locais.

O Parque Tecnológico de Mato Grosso será instalado em Várzea Grande. São 80 hectares que vão abrigar empresas inovadoras já consolidadas com foco em inovacão, além de instituições públicas e privadas  ligadas à ciência e tecnologia que vão ocupar 16 hectares doados ao Estado pela Prefeitura do município. Planejado para ser um ambiente de terceira geração, que consiste na conjugação de três características: trabalho, moradia e lazer, o Parque Tecnológico já tem um escritório funcionando provisoriamente, desde dezembro, na Arena Pantanal sob a coordenação da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Mato Grosso (Secitec), uma das patrocinadoras do 10° Fortec.

Representando a iniciativa privada, o superintendente do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Daniel Latorraca, lembrou que o Estado é o maior produtor agropecuário do país, liderando em gado, milho de pipoca e soja. Na avaliação de Latorraca uma nova indústria está se formando no mundo e ao fazer parte do movimento iniciado pelo Consórcio Brasil Central, Mato Grosso pode alavancar o crescimento da região. “Está começando não só no Brasil, como no mundo, e Mato Grosso ao participar do bloco pode nos colocar nessa rota de crescimento”.

Francisco Oliveira, presidente da Fundação Rondônia de Amparo à Pesquisa, Ciência e Tecnologia (Fapero), afirmou que a busca pelo conhecimento e solução de problemas locais têm encontrado terreno fértil no Estado. Segundo ele, nos últimos dois anos, o Governo de Rondônia investiu mais de R$ 22 milhões na área de pesquisa. “Não podemos perder a oportunidade de crescer e de formar mais doutores”, frisou o presidente ao afirmar que é necessário que o Consórcio BrC rompa paradigmas a fim de promover o desenvolvimento integrado dos estados.

A secretária de Desenvolvimento Econômico do Governo de Goiás (SED/GO), Aline Figlioli, presidente da rede goiana de inovação, falou sobre a experiência obtida com o Programa Estadual de Inovação e Tecnologia, o Inova Goiás, lançado em setembro de 2015, e que consiste em aumentar a produtividade da economia goiana fazendo com que o estado assuma nos próximos anos uma posição de vanguarda no cenário nacional e internacional. Conforme Figlioli, o programa tem como base três pilares: o Governo, a universidade e as empresas.

“Lá [em Goiás], há um movimento forte de aproximação entre o governo, instituições de ensino e empresas locais. Sozinho o estado não faz muito, precisamos de parceiros, e o governador comprou essa ideia e criou o Conselho Superior de Inovação”, afirmou a secretária.

O representante do Ministério da Ciência, Tecnologia da inovação (MCTI), Edilson Pedro, que também participou da mesa, destacou o Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação sancionado pela presidente Dilma Rousseff, em janeiro deste ano. A legislação regula a integração entre agentes públicos e privados que constituem o sistema de ciência, tecnologia e inovação no País. Segundo ele, a falta de integração no planejamento, formulação e financiamento, e até mesmo diferenças partidárias, tendem a travar as políticas públicas para o setor. “Quando você trava esse diálogo, você perde a horizontalidade de políticas que são transversais”, explica. Conforme Edilson, o novo Marco Legal representa uma reforma nacional na legislação que regula uma política capaz de sustentar a ciência e a tecnologia no Brasil.

O Encontro Nacional do Fortec segue até sexta-feira (13), no Centro de Eventos do Pantanal. Confira a programação para os demais dias do evento.

 


Encontro abre novos horizontes para a inovação em Mato Grosso

 Renata Prata | Gcom-MT 

O Encontro Nacional do Fórum de Gestores da Inovação e Transferência de Tecnologia (Fortec), que em 2016 é realizado em Cuiabá, foi aberto oficialmente na noite desta segunda-feira (10.05). O Fortec é um evento de relevância reconhecida, nacional e internacionalmente, que reúne personalidades envolvidas em inovação e transferência de tecnologia, com a participação prevista de 500 pessoas. Em Mato Grosso o evento é organizado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secitec) e será realizado até o dia 13 de maio.

Em sua 10ª edição, o Fortec deixou um legado em todas as regiões pelas quais passou. A secretaria da Secitec, Luzia Helena Trovo, destaca que as palestras e oficinas que serão apresentadas tem o objetivo de fomentar e criar em nossa sociedade uma cultura para a inovação, tecnologia e ciência. Pessoas renomadas no Brasil e no exterior abrirão os horizontes para o desenvolvimento nessa área. “Este é um movimento forte no Brasil. Todos os estados estão envolvidos para fazer com que a inovação aconteça e Mato Grosso não pode ficar fora desse processo. O fórum envolve universidades públicas e privadas e o setor produtivo, trazendo a ciência para que ela possa trabalhar em prol do que a sociedade precisa”.

A professora da Universidade Federal da Bahia, Cristina Quintella, presidente do Fortec, destaca que Mato Grosso impede um saldo negativo maior da balança comercial brasileira, por conta do agronegócio, mas que existe uma criatividade enorme do povo mato-grossense que não foi transformada em riqueza para sociedade. “É preciso pegar essas invenções e patentear, gerando mais empregos e mais renda, transformar pequenas ideias em riquezas. Os gestores de inovação, transferência e tecnologia fazem exatamente isso, ajudam a identificar esses produtos, os mercados, a melhor estratégia e desse modo melhoram um pouco nossos indicadores. Mato Grosso tem muito a contribuir com a inovação tecnológica no Brasil”.

Ana Torkomian, diretora da Agência de Inovação da Universidade Federal de São Carlos e coordenadora do Fortec região Sudeste foi homenageada nesta edição por ser uma das fundadoras do Fórum. “A homenagem é um reconhecimento do trabalho, pois apesar de estar em sua 10ª edição o esforço em juntar um fórum que incentivasse as pessoas, instituições, universidades, institutos de pesquisas engajados na promoção da inovação e de transferência de tecnologia é muito anterior. Nestes dez anos temos muito o que comemorar, temos hoje centenas de núcleos de inovação tecnológica em diferentes estágios de evolução graças ao trabalho para fortalecer a inovação no país”.

O Fórum conta também com estandes do MT Criativo, composto por pequenos comerciantes que divulgam seus produtos, desde a agricultura familiar até artistas plásticos. Um destes expositores é Willian Cocito, proprietário do SK Jogos e torneios, empresa nova que traz o esporte eletrônico para Mato Grosso. “Os esportes eletrônicos são conhecidos no mundo inteiro, mas no Brasil não tem essa pegada tão grande. Em Mato Grosso nós temos uma grande quantidade de jogadores profissionais e estamos trazendo estes jogos de torneio para cá. Estamos percebendo que este ramo de esporte eletrônico está se tornando uma economia crescente. Como ainda não existe um mercado definido no estado, nós somos pioneiros neste mundo tecnológico e digital”.


10° Encontro Nacional do Fortec começa amanhã em Cuiabá

Nayara Takahara/Assessoria 10 FORTEC

Começa amanhã (10.05), em Cuiabá, a décima edição do Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia (Fortec). Esta será a primeira vez que Mato Grosso recebe o evento, que reúne anualmente especialistas nacionais e internacionais, além de representantes governamentais e empresários para compartilhar experiências e discutir questões referentes à inovação tecnológica do País.

A programação do evento começará pela manhã, às 9h, com a reunião do Programa de Pós-graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação (Profnit).

Em paralelo ocorrerão outras atividades, entre elas a mesa de discussão “Modelos Centralizados e Descentralizados de Geração, Validação e Apropriação Intelectual”, com os convidados: Henry Suzuki, especialista em propriedade intelectual e fontes de informação tecnológicas, além de inventor e empreendedor; Adriana Cardozo da Silva, especialista em propriedade intelectual; Elizabeth Ritter, diretora do Escritório de Transferência de Tecnologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (ETT/PUCRS); e Gilberto José da Cunha, coordenador de Prospecção Tecnológica, Inova Paula Souza.

A abertura oficial do encontro será realizada pela presidente do Fortec, Cristina Quintella, às 18h, em homenagem aos dez anos de criação da organização brasileira, a única até hoje a representar os gestores das políticas de inovação e das atividades relacionadas à propriedade intelectual e à transferência de tecnologia no país.

Na sequência, às 19h, o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (Setec/MCTI), Eronildo Braga Bezerra, realizará a conferência magna.

O 10° Fortec será realizado no Centro de Eventos do Pantanal e segue com a programação até esta sexta-feira (13.05). As inscrições para participar do Fórum devem ser realizadas no site do evento. Para mais informações acesse: www.10fortec.fortec.org.br/

REALIZAÇÃO

O 10° Fortec é uma realização da Associação Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia e da Regional Centro-Oeste do Fortec com patrocínio do Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secitec); da Fundação Verde Herbert Daniel; da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCT) e Ministério da Educação (MEC), por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

O evento também conta o apoio da unidade do Sebrae em Mato Grosso, Federação das Indústrias (Fiemt), Sistema Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat), Secretaria de Estado de Cultura (SEC), por meio do MT Criativo; Gabinete de Assuntos Estratégicos (GAE) do Governo do Estado, Água Mineral Natural Excelência, AgenSite, Fab Lab e Clarke Modet & C° do Brasil.


Informação Importante

INFORMAÇÃO IMPORTANTE

Informamos que haverá transfer do Hotel para o Centro de Eventos do Pantanal para os participantes.

Rota:

1º Ônibus (Doanny Tur)
2º Ônibus (Doanny Tur)
07:30 - Hotel Deville 08:15 - Hotel Deville
07:45 - Hotel Mato Grosso Palace 08:30 - Hotel Mato Grosso Palace
08:00 - Hotel Amazon 08:45 - Hotel Amazon
08:15 - Hotel Intercity 09:00 - Hotel Intercity

 

 


Fórum nacional de gestores de inovação e transferência de tecnologia reunirá especialistas em Cuiabá

Nayara Takahara/Assessoria 10 FORTEC

 

Mato Grosso será sede pela primeira vez do Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia (Fortec), durante a 10ª edição do encontro anual, que reunirá especialistas nacionais e internacionais, além de representantes governamentais e empresários para compartilhar experiências e discutir questões referentes à inovação tecnológica do País. A décima reunião do Fórum será realizada de 10 a 13 de maio, no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá.

O Fortec é uma organização associativa civil, de direito privado e sem fins lucrativos. Criada em 2006, mantém-se até hoje como a única organização brasileira a representar os gestores das políticas de inovação e das atividades relacionadas à propriedade intelectual e à transferência de tecnologia. Os encontros nacionais do Fórum ocorrem desde 2007.

De acordo com a vice-coordenadora da regional Centro-Oeste do Fortec, Valquíria Martinho, para a décima edição a expectativa é receber cerca de 500 profissionais, entre membros de universidades, institutos federais e de centros de pesquisas. Segundo ela, a realização é um estímulo à profissionalização dos envolvidos na gestão da inovação da região Centro-Oeste.

“O Fortec vai dinamizar o ecossistema regional trazendo intenso intercâmbio de conhecimentos e experiências entre os participantes, que poderão se fortalecer ao participar de discussões sobre o tema de forma globalizada”, disse.

Fazem parte da lista de convidados a ministrar colóquios durante o encontro: o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (Setec/MCTI), Eronildo Braga Bezerra; a diretora de Inovação e TT do Tecnológico de Monterrey, no México, Silvia Patrícia Mora; e Fernando Amestoy Khem, do Instituto Polo Tecnológico de Pando, no Uruguai.

Também integram a programação, representantes da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, do MEC (SETEC/MEC), do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (ANPEI), e da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI).

As inscrições para participar do 10º Fortec já estão abertas. A submissão de trabalhos deve ser realizada no site do evento. Para mais informações acesse: www.10fortec.fortec.org.br/

REALIZAÇÃO

O 10° Fortec é uma realização da Associação Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia e da Regional Centro-Oeste do Fortec com patrocínio do Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secitec); da Fundação Verde Herbert Daniel; da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCT) e Ministério da Educação (MEC), por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

O evento também conta o apoio da unidade do Sebrae em Mato Grosso, Federação das Indústrias (Fiemt), Sistema Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat), Secretaria de Estado de Cultura (SEC), por meio do MT Criativo; Gabinete de Assuntos Estratégicos (GAE) do Governo do Estado, Água Mineral Natural Excelência, AgenSite, Fab Lab e Clarke Modet & C° do Brasil.


Participe do "Conte-me Algo Que Eu Não Sei"

Voltada para o compartilhamento de experiências bem sucedidas entre os Gestores dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs), a 10ª edição do Encontro Nacional do Fortec traz uma nova sessão do "Conte-me Algo que eu não sei".

Se você tem algo para compartilhar, seja um caminho diferente para solucionar um antigo problema, se sua equipe desenvolveu um novo instrumento de gestão, uma nova abordagem na interação com empresas, ou ainda, se estabeleceu parcerias inovadoras com setores acadêmicos da sua instituição, não deixe a oportunidade passar e divida a sua experiência com colegas de todo o Brasil.

Multiplique seu conhecimento ao apresentar situações reais que podem servir de exemplo para outros NITs.

O 10º Fortec será realizado de 10 a 13 de Maio, no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá

Participe da Sessão "Conte-me algo que eu não sei". Acesse Aqui para mais detalhes!


Inscrições abertas para o décimo encontro Fortec em Mato Grosso

Augusto Pereira/Secitec-MT

Em maio, Mato Grosso vai receber o Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia (Fortec) no 10° Encontro Nacional do Fortec. A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secitec) é uma das instituições realizadoras da décima edição do evento, por isso, nesta quarta-feira (16/03), a diretoria do Fórum esteve na sede da secretaria para agradecer o apoio na realização e lançar o site do evento onde os interessados já podem efetuar as inscrições no endereço 10fortec.fortec.org.br.

Os encontros do Fortec acontecem desde 2007 e estima-se para 2016 a participação de cerca de 500 profissionais do setor de Inovação Tecnológica de universidades, institutos federais e centros de pesquisas com participantes de todo o país.

Representantes governamentais, empresários e pequenas empresas são parte do público interessado nos temas relativos à inovação tecnológica e empreendedorismo abordados em oficinas práticas e palestras. Além disso, o evento tem confirmada a participação de especialistas internacionais que compartilharão suas experiências e abrirão espaços de discussão em torno do tema.

Cristina Quintella, professora da Universidade Federal da Bahia é a Presidente do Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia. Ela espera “aumentar o conteúdo tecnológico de inovação com sustentabilidade”. A secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Luzia Helena Trovo, falou da satisfação em receber o evento e do empenho da sua equipe em realizá-lo.

Além disso a secretária destacou a relevância de construir, em diálogo com o Fortec, o mestrado profissionalizante em propriedade intelectual. “Tenho certeza de que será um passo certo na direção que pretendemos seguir, a do empreendedorismo e do desenvolvimento tecnológico”.

A proposta é trazer o curso de pós-graduação em nível de mestrado em Propriedade Intelectual &Transferência de Tecnologia para os Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) – PROFNIT. A oferta de uma turma ou de um polo do curso em Cuiabá colabora com o ambiente de desenvolvimento de tecnologia e inovação que se pretende criar no Parque Tecnológico Mato Grosso.

 


Tempo Hoje

Cuiabá
Carregando...
-
Titulo fixo
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo